100% VIAGENS PERSONALIZADAS

O que fazer em Siem Reap em 4 dias?

Atualizada 22 abril 2020
Aqui está um guia de viagem da Asiatica Travel para uma imersão total na natureza, cultura e vida diária em Siem Reap.

Siem Reap é o lugar mais importante para uma viagem ao Camboja: onde estão localizados os famosos templos de Angkor. Aqui está um guia de viagem da Asiatica Travel para uma imersão total na natureza, cultura e vida diária em Siem Reap.

Primeiro dia: descoberta do complexo de Angkor

Depois de chegar a Siem Reap, o passeio começa descobrindo o majestoso complexo de Angkor, a cerca de sete quilômetros do centro da cidade. Angkor foi a capital do império Khmer que dominou todo o Sudeste Asiático por centenas de anos, do século IX ao XV. Você precisará comprar um ingresso para visitar este Patrimônio Mundial da UNESCO, que custa cerca de 36€ por um dia.

O que fazer em Siem Reap em 4 dias? 1

Se você acordar cedo (por volta das 5 horas da manhã), poderá ir a Angkor Wat para tirar fotos ao amanhecer. Nesse ponto, a luz do sol entra no nevoeiro e a arquitetura exclusiva deste templo milenar se reflete na água. Se não for possível levantar a essa hora, visite-o à tarde, depois de visitar outros templos primeiro.

Depois de Angkor Wat, você deve visitar Angkor Thom, este complexo de templos é extremamente vasto, mas a arquitetura é semelhante uma à outra. Portanto, se você quiser apenas ver os principais edifícios, sugerimos que você entre pelo Portão da Vitória, atravesse o Corredor do Elefante para visitar os templos Baphuon e Bayon. Ambos são os mais massivos e também os mais ricamente decorados. Baphuon é lembrado como um antigo palácio com pilares e escadas esculpidos , enquanto o Bayon é famoso por suas estátuas de caras de Buda com sorriso sereno.

Depois de visitar alguns dos locais famosos, reserve um tempo para ir ao templo Ta Promh. Esse templo é particularmente atraente para viajantes internacionais, pois é possível admirar os momentos em que os tijolos são perfurados pelas raízes das árvores. O lugar ficou muito famoso quando apareceu no filme "Tomb Raider".

Segundo dia: outros templos e compras de lembrança

Siem Reap é famosa graças a Angkor Wat, mas também abriga dezenas de outros templos mais misteriosos e gloriosos que os outros. Você pode passar o segundo dia de sua viagem para encontrar outros templos longe da multidão. Beng Melea, por exemplo, já foi completamente submerso pela floresta. Ou Banteay Srei, com relevos e esculturas sofisticadas que fazem a sua beleza, também é muito especial porque é conhecida como a "Fortaleza das mulheres", um local dedicado à honra das mulheres.

O que fazer em Siem Reap em 4 dias? 2

No final da tarde, você chegará a Phsar Chas, também conhecido como Mercado Antigo, onde muitos moradores fazem compras. Deixe-se seduzir por pratos leves, como kuy teav (sopa de porco) ou chow chow (porco grelhado com arroz). Será um bom momento para comprar lembranças e jóias coloridas com preços imbatíveis.

O que fazer em Siem Reap em 4 dias? 3

Vá e descubra a Pub Street quando cair a noite. É um lugar em Siem Reap muito popular entre os turistas alén de um destino ideal para o jantar. Você também deve experimentar o The Angkor What? Bar para apreciar a vibrante vida noturna.

O que fazer em Siem Reap em 4 dias? 4

Terceiro dia: vila flutuante e curso de culinária Khmer

Depois que o passeio no templo terminar, é hora de descobrir mais aspectos do Camboja. Comece o dia com uma viagem matinal ao Lago Tonle Sap, o maior lago de água doce do Sudeste da Ásia, e observe a vida na água. Os habitantes aqui devem adaptar com as mudanças no nível da água, criando aldeias flutuantes fantásticas ou palafitas.

Você tem a oportunidade de visitar várias aldeias: Chong Khneas, o mais fácil de acessar; o mais visitado Kampong Phluk, o qual nós recomendamos que você o escolha; Kampong Khleang, o maior e mais bonito, mas também o mais distante; Me Chrey, um dos menores da região e muito pouco turismo.

Conselho de especialistas: se você reservar um passeio, o passeio de Tonle Sap começará às 7:00 e terminará por volta das 11:00. Ao meio-dia, você pode saborear especialidades Khmer com uma aula de culinária. Você será levado para uma casa local onde a família anfitriã irá ensiná-lo a preparar alguns pratos cambojanos. À noite, você pode passar um tempo visitando o mercado noturno de Angkor e admirando os artesanatos do Camboja.

O que fazer em Siem Reap em 4 dias? 5

Último dia: passeio de scooter ou bicicleta

No seu últimos dia, aproveite as demais atrações turísticas da cidade através dos meios de transporte locais típicos: scooters e bicicletas. As aldeias nos arredores de Siem Reap têm muito a explorar. Basta seguir pequenos caminhos esquecidos pelos turistas e visitar alguns templos escondidos.

Primeiro, vá para Phnom Kulen, uma bela montanha a nordeste de Angkor Wat. Foi na montanha que começou a era da magnífica dinastia de Angkor. Você encontrará uma grande estátua deitado de Buda antes de chegar à cachoeira para nadar e relaxar.

Durante o resto do dia, você pode pedalar para explorar a cidade e apreciar o panorama e a beleza do Monte Kulen. Finalmente, após um dia inteiro de exploração, você pode desfrutar de um jantar Khmer completo com aperitivos, pratos principais e sobremesas.

O que fazer em Siem Reap em 4 dias? 6

Conselho de especialistas: Ao fazer um passeio, você pode visitar os lugares discretos de Siem Reap sem se preocupar em se perder e você poderá aprender mais sobre história. Você tem a possibilidade de escolher circuitos, incluindo almoços, para ter uma visão mais avançada da gastronomia cambojana.

Dicas para quem deseja fazer um passeio de moto em Siem Reap:

- Existem muitos tipos de bicicletas que você pode alugar em Siem Reap: motocicletas, bicicletas, bicicletas elétricas, quadriciclos etc. para você escolher. Motocicletas de alta potência são mais adequadas e sua qualidade é melhor, na minha opinião.

- Você pode alugá-los no centro de Siem Reap. Existem muitas lojas perto do mercado antigo. Você deve pedir um kit de reparo de motocicleta e aprender algumas habilidades básicas.

- Você deve ter uma licença avaliada no Camboja.

- O preço é bom: 8€ por dia. Você pode discutir o preço se alugar muitas motos.


Artigos relacionados

Koh Phi Phi: Guias de viagem e experiências (atualização 2024)

Koh Phi Phi, localizada no meio do Mar de Andaman, é um destino atraente para os amantes da exploração. Com praias de areia fina e águas cristalinas, Koh Phi Phi oferece uma experiência natural única.

Sanduíche Vietnamita: Banh mi história, receita, onde comer

A culinária é um dos meios mais importantes de refletir a cultura de uma nação. “Banh mi” é um prato vietnamita que ilustra claramente este conceito. Um exemplo icônico de fusão culinária entre o Vietnã e a França. Nesta passagem, contamos a história, as características e o nome dos populares restaurantes banh mi no Vietnã.

Pontos turísticos do Vietnã: 15 melhores lugares (Lista completa)

O Vietnã é o destino ideal para os amantes da natureza. Entre arrozais cintilantes e espessas sebes de bambu, descobrirá a beleza desta parte autêntica e vibrante da Ásia. Desde a fronteira chinesa no norte até ao delta do Mekong no sul, o Vietnã oferece uma impressionante variedade de paisagens, uma gastronomia excecional e uma história fascinante.

As 20 melhores praias da Tailândia: Selecão imperdível

A Tailândia é o paraíso das praias mais bonitas com paisagens deslumbrantes e águas cristalinas. Aqui, os turistas podem descobrir praias de areia branca e fina, além de enseadas românticas em forma de coração. Estes são destinos não apenas para relaxar, mas também para vivenciar os momentos mais bonitos à beira-mar.

A Ponte Dourada do Vietnã - Destaques de Ba Na Hills e Da Nang

A Ponte Dourada do Vietnã - Destaques de Ba Na Hills e Da Nang. Um símbolo turístico que qualquer turista quer admirar com os seus próprios olhos uma vez na vida. Vamos descobrir isso com a Asiatica Travel no artigo que apresenta a Ponte Dourada Vietnã.

Ilhas na Tailandia: Não pode perder

A Tailândia, a terra do Templo Dourado, não é apenas famosa pela sua rica cultura e longa história, mas também é conhecida como um paraíso de belas ilhas.