100% VIAGENS PERSONALIZADAS

A religião oficial na Tailândia é o budismo Theravada, que é a base da cultura tailandesa, e é a religião de cerca de 95% da população. Iniciado no país em 329 aC, o budismo exerce uma forte influência na vida cotidiana do povo tailandês, e os monges são figuras altamente respeitadas. No entanto, a tolerância religiosa é total, sendo uma das prerrogativas positivas da cultura tailandesa. Isso permite a coexistência pacífica de outras religiões, como o Islã (4%), o Cristianismo (1%) e o Hinduísmo. 

Todo homem pensa em tornar-se monge pelo menos por um curto período de sua vida, para ganhar honra e conquistar mérito dentro da família. Normalmente, o tempo gasto em um mosteiro é de 3 meses, e este período tende a começar em julho, quando começa a estação das chuvas, e durar até o final de setembro. Também pode começar em conjunto com a morte de um parente. Esse período de retirada do mundo para se concentrar na meditação é chamado de phansaa. 

Mais do que os aspectos filosóficos do budismo, aspectos práticos são evidentes. Os monges são chamados a fazer parte do dia a dia da população. Eles comandam bênçãos para casamentos e também ao iniciar novos empreendimentos. Os monges definem o local ideal para sepultamento dos mortos, então cabe a eles decidir onde será construído um cemitério, por exemplo. A identificação de um local de sepultamento adequado para os mortos é especialmente importante. Se esse local for adequado, o falecido poderá partir após a morte, deixando para trás qualquer ligação com a vida na Terra.